Julio Cerqueira Cesar Neto

As tristezas dos verões



SABESP inunda Frando da Rocha e Rio Jaguari - 01/02/2011

Nos últimos 15 dias tomei conhecimento pela imprensa e e-mails de amigos dos 3 fatos seguintes:

  • A SABESP descarregou 80 m³/s pelas comportas da barragem Paiva Castro e provocou a maior inundação já ocorrida em Franco da Rocha. Essa informação foi confirmada pela SABESP que alegou se tratar de uma “decisão técnica”, num primeiro momento apoiada pelo Governador.  

Considero o seguinte:

O reservatório Paiva Castro é formado pelo Rio Juquerí cuja vazão média é de 2 m³/s. Ele recebe dos outros 3 reservatórios do Sistema Cantareira a vazão média de 31 m³/s, junta aos seus 2 m³/s e encaminha para a elevatória de Santa Inês para o abastecimento da RMSP. Se trata de operação de rotina da SABESP que já acontece há 30 anos.

As precipitações intensas dessa época do ano nessa região apresentam dados de mais de 40 anos. Não foi observada nenhuma precipitação catastrófica nos últimos anos.

Não consigo entender a descarga de 80 m³/s a não ser mais uma enorme irresponsabilidade da SABESP. Nem sei onde foram encontrar os 80 m³/s para descarregar.

  • O reservatório Jaguari na semana passada apresentava níveis referentes a 102% da sua capacidade total e começou a descarregar (?) vazões para jusante inundando populações ribeirinhas.

Considero o seguinte:

Esses reservatórios tem obrigação de atender a 2 objetivos: abastecimento de água e controle de enchentes a jusante da barragem: os objetivos são conflitantes porque o controle de cheias exige a manutenção nessa época do ano de um volume vazio para amortecer eventuais ondas de cheias; para o abastecimento de água quanto mais cheio melhor.

Nessas condições o nível de 102% nessa época do ano se constitui numa tremenda irresponsabilidade da SABESP.

No ano passado aconteceu o mesmo e a SABESP quando questionada informou que o compromisso dela era com o abastecimento de água, ou seja, a operadora do maior sistema de produção de água da América Latina é completamente irresponsável! Mas o pior é que ninguém se importa com isso nem a sociedade nem o Governo do Estado.

Obs.Final: A SABESP só faz o que quer e só informa o que lhe convém. Não possui nenhuma credibilidade.

  • Da Assessoria de Imprensa da SABESP para a imprensa: “Encontro da Diretoria da SABESP com defesas civis.”  

Participaram a Presidente, o Diretor Metropolitano e o Superintendente de Produção.

Informações e Conclusões:

  1. O objetivo: tirar dúvidas sobre a operação dos reservatórios.
  2. Conclusão: represas minimizaram impactos das enchentes.
  3. O Diretor Metropolitano disse que é importante a liberação de água dos reservatórios quando o nível máximo operacional é atingido para impedir o rompimento da barragem.

A SABESP começou a abrir as comportas de Paiva Castro às 10:30 hs de 11/01 porque em apenas 2 horas a chuva aumentou a vazão de 15 para 140 m³/s e o volume armazenado saltou de 46 para 97%. No reservatório Jaguari as comportas foram abertas com 102%.

Considero o seguinte mantendo os itens:

  1. Pela leitura do documento elaborado para a imprensa fica evidente a preocupação da SABESP de obter um atestado de inocência usando os membros das defesas civis.
  2. A conclusão do encontro de que as represas minimizaram os impactos das enchentes evidencia uma manobra diversionista no sentido de exaltar a importância da existência de represa (o que é obvio ululante) quando o problema em dúvida se localiza na operação da mesma.
  3. O Diretor Metropolitano considera como nível máximo operacional de Paiva Castro, 97% e Jaguari 102%. E o volume de espera (vazio) que deve ser observado para o amortecimento do pico de cheia? Para ele não existe o que vem comprovar mais uma vez que a SABESP opera seus reservatórios para atender apenas ao abastecimento de água ignorando o controle de inundações como ele mesmo já havia afirmado no ano passado: o nosso compromisso é com o abastecimento de água. Nessas condições não há dúvida sobre a responsabilidade da SABESP com a inundação de Franco da Rocha e a jusante do Jaguari.


Escrito por julioccesar às 16h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Comentário sobre: Jornal O Estado de São Paulo - 02/03/2011

Li, estupefato e com atraso de um dia, a notícia sobre a construção de muros ao longo das Marginais de São Paulo pelo governo do Estado (Cidades, C1, 05/03)
Estupefato, pois julgo que os idealizadores do projeto se esqueceram da Lei dos Vazos Comunicantes. Ao bombearem as águas sobre as Marginais para o Tietê, o nível do mesmo deverá se elevar, afogando mais ainda as fozes dos córregos que nele desaguam (Tamanduateí, Aricanduva, Pirajuçara, etc.). Portanto, o sistema proposto vai piorar ainda mais o drama da população que ali reside, e sofre.
Estupefato, pois as obras contemplam também a instalação de dois reservatórios com capacidade de 1 milhão de metros cúbicos.  Esse volume é totalmente inócuo. Basta uma chuva de 10mm sobre uma área de 10km x 10km (100km2) para se atingir esse volume.  Sabemos que essa não é a realidade paulistana. É muito pior.  Chuvas de 70mm já ocorreram muitas vezes sobre São Paulo, cuja área urbana é muito maior.  O que farão os moradores??
Insisto que a solução por mim já apontada antes neste mesmo ESTADO coincide com o diagnóstico do Prof. Dr. Julio Cerqueira Cesar Neto, professor de engenharia hidráulica, ou seja, drenar as águas pluviais de Região Metropolitana para o estuário de Santos, seja por túnel (como propõe o emérito professor), ou por sifonamento, conforme minha proposta. O resto é mero paliativo (ou engodo).
Com a palavra o Dr. Geraldo Alckmin.
 
Geert J. Prange
Engenheiro Naval (EPUSP-1965)
Paranaguá-PR
CREA-20.240/D-SP
RNE:  W-009950-I
(41) 9630-1122


Escrito por julioccesar às 22h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, HIGIENOPOLIS, Homem, Mais de 65 anos, Portuguese, English, Livros, Cinema e vídeo
 
Histórico
 
Categorias
  Todas as Categorias
  Link
  Citação
 
Outros sites
  Julio Cerqueira Cesar Neto
 
Votação
  Dê uma nota para meu blog